Conheça aplicativos de fotos para compartilhar imagens com seguidores

O Instagram é a rede social de foto mais conhecida, com 66 milhões de perfis registrados por brasileiros só em 2019. Mas há outras alternativas de aplicativos para postar fotos e receber comentários de seguidores em celulares com Android e iPhone (iOS).

Entre as opções estão We Heart It, Vero e Candowell. Esse último, por exemplo, promete doar 30% da renda obtida com publicidade a projetos socioambientais. Já o Pinterest é mais focado em sugerir ideias para casamento, roupas e outras áreas, e não oferece muitas funções de rede social. Confira na lista a seguir cinco redes sociais de fotos para se distrair.

1. Candowell
Candowell é a rede social “do bem” criada por brasileiros. O aplicativo apresenta um layout bem similar ao Instagram, mas não oferece filtros para editar fotos. É possível postar imagens tiradas diretamente do app ou da galeria, seguir e acompanhar os usuários, criar grupos e conversar via chat.

O diferencial do serviço está na proposta de destinar 30% da renda de publicidade a projetos socioambientais, então os usuários fazem parte desse projeto ao criarem uma conta no Candowell.

2. Pinterest
Pinterest permite compartilhar imagens e vídeos de assuntos variados. Os usuários costumam compartilhar imagens criativas de temas que gostam, como adereços para o carnaval, maquiagens, viagens, decorações, animais, desenhos, séries e mais. Assim, o aplicativo oferece uma infinidade de fotos para se inspirar e criar novas ideias.

É possível encontrar fotos a partir da busca textual da barra de pesquisa, e favoritar os posts preferidos. Os usuários podem organizar as ideias em pastas temáticas para outras pessoas acessarem. Um ponto negativo do app é a disposição das fotos no feed, que pode resultar na visualização de cerca de cinco imagens de uma só vez e gerar um certo desconforto às vezes. O aplicativo está disponível para Android e iPhone.

3. Instagram
O Instagram é a rede social de foto mais conhecida da lista. Entre as funcionalidades disponíveis estão a postagem de fotos e vídeos, presença de filtros e ferramentas de edições, chats e Stories. Além disso, há o Instagram Ads, ferramenta de anúncio da plataforma, e o IGTV, plataforma de vídeos longos.

Entre os fatores positivos do Instagram estão o grande número de usuários e a variedade de ferramentas. Além disso, a enorme quantidade de famosos na plataforma permite que os fãs acompanhem o dia a dia de ídolos com facilidade pelo aplicativo. Já entre os pontos negativos estão os anúncios que aparecem no feed e a forma obscura como os algoritmos funcionam.

4. We Heart It
O We Heart It é uma plataforma similar ao Pinterest e é um dos pioneiros em compartilhamento de imagens. O aplicativo é uma rede social de fotos que reúne imagens sobre moda, fotografia, papéis de parede, séries, filmes e mais.

O We Heart It se autodenomina uma comunidade e, diferente de outras redes sociais de fotos, como Instagram e VSCO, os usuários preferem postar fotos de coisas que gostam a selfies. Essa prática faz com que o app abrigue vários conteúdos de bandas, séries e animes. O We Heart It permite postar imagens e vídeos e criar coleções de fotos de acordo com um tema em comum.

5. Vero
A rede social de foto Vero, disponível para Android e iPhone, tem como proposta oferecer aos usuários uma experiência sem publicidades e algoritmos. A ordem dos posts é estabelecida a partir do horário de publicação, de forma que as postagens mais recentes aparecem primeiro. O design do Vero é agradável e apresenta um layout um pouco mais sofisticado do que os aplicativos concorrentes.

O cadastro é desvinculado de qualquer outra plataforma, impossibilitando o uso de outras redes sociais para criar uma conta. O app tem configurações de privacidade de fácil acesso, o que é um ponto positivo. O programa disponibiliza filtros, permite postar imagens e vídeos, e ainda é possível compartilhar nomes de filmes, livros e músicas.

#fabricaapp #app #aplicativo #comida #produto #serviço #vendasonline #news #ios #empreendedorismo #food #brasil #vendasinstagram #iphone #instafood #vendas #praia #tendencia2020 #googleplay #empresas #gastronomía #imovel #modafeminina #game #tecnologia #coaching #googleplay #inovação #iphone #oportunidade

Fonte: https://www.techtudo.com.br

62 milhões de buscas: Google Maps é o app mais procurado

Matéria publicada pelo nosso parceiro Gilberto Campo do blog https://valoragregado.com/.

 

Principalmente nas grandes cidades, se locomover de um lugar a outro, muitas vezes, se torna um desafio. Os aplicativos de transporte fazem parte do cotidiano de muitas pessoas, seja para pedir um carro, oferecer caronas, consultar o gps ou até mesmo para verificar as alternativas de transporte público mais viáveis. Pensando nisso, a SEMrush , líder global em marketing digital, mapeou as principais plataformas focadas em mobilidade urbana para entender quais foram os mais pesquisados entre janeiro e setembro deste ano, em mecanismos de busca como Google e Bing.

O Google Maps é a plataforma mais pesquisada pelos brasileiros, com 62 milhões de buscas por seu nome. Além de gratuito, ele oferece ao usuário a visualização de mapas, imagens e rotas de satélite, funcionando como um GPS. A funcionalidade Street View é um diferencial, já que disponibiliza vistas panorâmicas, aumentando ainda mais a percepção da realidade dos lugares.

Em segundo lugar, a Uber recebeu 7,9 milhões de pesquisas na internet por seu nome, no período apurado, ele conecta a demanda e oferta de motoristas e passageiros por meio de transporte privado.

O terceiro lugar do ranking é para a plataforma BlaBlaCar, focada em caronas de longa distância e que conecta motoristas e passageiros dispostos a viajar entre cidades e compartilhar o custo da viagem, com mais de 60 milhões de membros em 22 países, recebeu 2,8 milhões de buscas por seu nome.

O aplicativo que se considera um guia do transporte público, Moovit, foi pesquisado 1,6 milhão de vezes. Ele reúne os trajetos e horários dos ônibus em São Paulo e região. Para o conforto do usuário, é possível escolher a melhor rota, já que ele disponibiliza as alternativas de caminhos possíveis.

O quinto aplicativo de mobilidade mais pesquisado pelos brasileiros é o Waze, que recentemente lançou a opção de oferecer caronas para economia de tempo e dinheiro, recebeu 1,5 milhão de pesquisas por seu nome na internet. Essa ferramenta é gratuita e fornece instruções de trajetos, mapa de trânsito ao vivo e alertas de incidentes, podendo interagir com outros usuários em tempo real.

Em sexto lugar, o aplicativo 99Pop é uma categoria para motoristas de carro particular que conecta passageiros mais próximos, foi o mais pesquisado durante o período, com 1 milhão de buscas.

O sétimo colocado mais pesquisado é o Buser, que viabiliza viagens entre cidades por meio de ônibus fretados que barateiam o custo para o consumidor final, recebeu 723 mil pesquisas por seu nome.

Em oitavo lugar e famosa pelos patinetes elétricos amarelos, a empresa Yellow recebeu 682 mil pesquisas dos brasileiros. A startup oferece aluguel de bicicletas e patinetes em diversas cidades do Brasil.

Em seguida, o aplicativo CittaMobi, que aponta os pontos de ônibus mais próximos, considerando a localização do usuário e faz a estimativa da previsão de chegada do usuário em seu destino. O app teve 400 mil procuras por seu nome na internet.

Em décimo lugar do ranking, está Cabify, com 378 mil buscas realizadas. O aplicativo conecta passageiros e motoristas, por meio de opções de categoria para cada necessidade do usuário, como carro particular ou táxi, por exemplo. Um dos diferenciais da plataforma a é ser uma empresa carbono neutro, que compensa toda emissão de CO² de suas operações.

Confira a lista dos top 10 aplicativos mais pesquisados entre janeiro e setembro:

1) Google Maps – 62 milhões
2) Uber – 7,9 milhões
3) BlablaCar – 2,8 milhões
4) Moovit – 1,6 milhão
5) Waze – 1,5 milhão
6) 99Pop – 1 milhão
7) Buser – 723 mil
8) Yellow – 682 mil
9) CittaMobi – 400 mil
10) Cabify – 378 mil

 

Link original da notícia

 

https://valoragregado.com/2019/10/27/62-milhoes-de-buscas-google-maps-e-o-app-mais-procurado/